Buscar

post

Você sabe o que são competências socioemocionais?

Você sabe o que são competências socioemocionais?

O mercado está cada vez mais competitivo e, com isso, tem exigido ainda mais dos profissionais. Neste sentido, além da qualificação e capacitação acadêmica, habilidades e competências socioemocionais têm se tornado fundamentais em diversas áreas e etapas da vida.

Conhecidas também como competências não cognitivas, podem ser definidas por um conjunto de habilidades desenvolvidas a partir da inteligência emocional. Assim, contribuem diretamente para a formação de uma pessoa que sabe lidar com as emoções, é socialmente responsável e tem capacidade de se comunicar e trabalhar em equipe, prezando pelas relações.

Quando trabalhadas de forma integrada ao conteúdo e conhecimento técnico, esse tipo de competência permite uma formação completa e plena enquanto ser humano e profissional, alavancando carreiras e objetivos. Não à toa, tem se destacado nos currículos das instituições de ensino. 

Quais são as competências socioemocionais?

Em linhas gerais, as competências socioemocionais são um conjunto de habilidades que desenvolvemos para lidar com as nossas emoções e estão ligadas a atributos que facilitam o relacionamento interpessoal. 

Diretamente relacionadas à capacidade de pensar, sentir, decidir, ser e agir, elas podem variar de uma pessoa para outra, de acordo com a história e o instinto de cada um. Com uma lista extensa, separamos algumas das principais competências socioemocionais, consideradas essenciais para o desenvolvimento humano.

Empatia

A competência que pode ser definida como a capacidade de se colocar no lugar do outro, busca desenvolver o agir ou pensar da forma como o outro pensaria, estimulando a abertura ao diálogo e à cooperação. 

Felicidade

A felicidade como uma competência socioemocional está ligada ao ato de se sentir bem em relação aos fatores emocionais, sociais e psíquicos.

Autoestima

Com foco no próprio indivíduo, essa competência socioemocional está ligada ao autoconhecimento e à capacidade de entender e trabalhar os pontos fortes e as limitações. Assim, aumentando a confiança.

Ética

A competência está relacionada diretamente à condição do ser humano de avaliar a sua conduta – ou a do outro – com base nos valores de uma sociedade, diferenciando o que é bom do que não é.

Paciência

A competência, que pode ter diversas definições de acordo com a óptica de estudo, está ligada à capacidade de autocontrole, especialmente diante de situações complexas e à busca de soluções assertivas com tranquilidade. 

Responsabilidade

Com foco na moral e ética, a habilidade ajuda a desenvolver o entendimento de que para toda atitude há consequências – para si mesmo e para os outros.

Autoconhecimento

Conhecer a própria essência é fundamental para ter controle e domínio de si mesmo e de suas emoções, pensamentos, desejos e frustrações. Saber interpretar quem somos e, principalmente, onde queremos chegar é fundamental para o desenvolvimento humano e o alcance dos objetivos.

Criatividade

Uma das habilidades mais valorizadas nos últimos tempos, a criatividade tem como objetivo o estímulo do pensamento crítico e das ideias, de modo a solucionar desafios e questões que possam surgir no dia a dia.  

Comunicação

A capacidade de se comunicar está relacionada à forma como a pessoa se expressa. O desenvolvimento dessa habilidade, garante uma comunicação mais assertiva, direta e segura.  

Autonomia

Também ligada ao autoconhecimento, a habilidade está relacionada ao convívio social e à tomada de decisões por contra própria.

Sociabilidade

A capacidade de se relacionar com os outros é fundamental em qualquer área da vida. Com diálogo, respeito e harmonia, é possível garantir um convívio saudável.  

Como as competências socioemocionais podem ser desenvolvidas?

Utilizadas cotidianamente nas mais diversas situações, as competências socioemocionais fazem parte do desenvolvimento de todo ser humano e são fundamentais para o desempenho de qualquer função, seja na vida profissional ou pessoal, em qualquer fase da vida.

Assim, nos últimos anos as competências não cognitivas passaram a ser incluídas em currículos e projetos pedagógicos de todo o país.

Como cada pessoa possui suas emoções, histórias de vida e habilidades para lidar com os desafios do dia a dia, o desenvolvimento dessas habilidades se faz necessário para garantir relações sociais mais saudáveis, autonomia, senso crítico e protagonismo.

Em outras palavras, o desenvolvimento das competências socioemocionais permite uma formação, enquanto ser humano, ainda mais completa e sólida, resultando em pessoas éticas, responsáveis, com boa capacidade de resolver problemas, que sabem gerenciar emoções, se comunicar e que estão abertas a viver novas experiências. 

Além disso, ao colocar o ser humano no centro do seu processo de aprendizagem, além desses valores fundamentais para a vida pessoal e vida profissional, é possível promover o amadurecimento.

Qual é a relação entre as habilidades e o mercado de trabalho?

Com o avanço da tecnologia, o mercado de trabalho tem passado por mudanças importantes. Com competitividade cada vez mais acirrada e o cenário ainda mais desafiador, as competências socioemocionais são um importante diferencial. 

Habilidades como criatividade, empatia, autoconfiança, responsabilidade, ética e comunicação, por exemplo, são cada vez mais procuradas por empresas de todos os segmentos, que desejam profissionais completos. 

Afinal, quando estimuladas durante o processo de aprendizagem e aliadas às habilidades técnicas, elas podem fazer toda a diferença no mercado de trabalho.

Seja para inovar com ideias originais ou para manter um ambiente diverso e muito mais harmônico dentro da empresa, os profissionais com essas habilidades destacam-se dos demais por saberem, principalmente, se comportar diante de situações adversas e ter equilíbrio e saúde emocional. 

Sem dúvidas, as competências socioemocionais ajudam a impulsionar a carreira e o desenvolvimento enquanto ser humano. Mas, quais delas você acredita ter e quais acha que são fundamentais para os profissionais do futuro? Comente!

Aproveite para acompanhar o blog da Faculdade do Futuro. Fique por dentro das dicas, novidades e assuntos relacionados a estudos, carreira e mercado de trabalho.

No Comments

Add your review

Your email address will not be published.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support